Habemus Chico

Deus lhe pagueEm Brasília, não se fala em outra coisa: Chico Buarque apresenta-se hoje e amanhã no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. É fácil entender a fascinação do brasiliense pelo craque do Polytheama. Não bastasse ser compositor consagrado, cantor tolerado e homem cobiçado, Chico é carioca. Por isso, nem o preço obsceno de R$ 200 impediu que os ingressos fossem vendidos rapidamente, com direito a confusão e a bate-boca nos pontos de venda.

Por amor à vida, não vou dizer que Chico é chato, nem que canta pessimamente mal. Portanto, a quem quiser saber por que não vou ao show, respondo com as singelas palavras de uma amiga: ainda não o perdoei por ter largado a Dona Nenê.

p.s.: A lei da compensação não falha. Quem perder o show do Chico poderá se deleitar com o deputado Frank Aguiar, na Esplanada, domingoquinta.

Anúncios

6 Respostas so far »

  1. 1

    Ricardo Moraes said,

    Tenho muita dificuldade e m entender porque essa criatura datada e obsoleta faz sucesso.

    Talvez Chico Buarque fosse engraçado na época da ditadura – já que falava mal dela. Mas, sem ter em quem bater, ele perde quase toda a graça. Isso pra não falar nos livros, absolutamente sofríveis. O último – que praticamente não faz sentido – ficou na lista dos mais vendidos por meses. Difícil mesmo de entender.

    Ah, claro, ainda tem o problema de ele gostar de assinar manifestos em defesa de ultra-reacionários dos anos 70. Assinou um defendendo a permanência de Carlos Lessa no BNDES. Passou anos fazendo campanha em favor de um partido político que hoje tem como marca a corrupção desenfreada e o impulso destrutivo em relação às instituições do país.

    Em suma, sei que os leitores e, principalmente leitoras, do blog são civilizados e não vão tentar me espancar por falar francamente sobre esse ancião demodé.

    Mas ficaria feliz se algum me explicasse por que o dito ainda faz sucesso (saudosismo do público? falta de alternativas?). Ah, e não vale usar aqueles slogans bobinhos do tipo “ah, mas ele entende tão bem a alma feminina…”.

    T.

    PS.: Não conheço as músicas do Frank Aguiar mas, certamente, no caso dele a proporção entre mérito e tamanho do público deve ser mais razoável.

  2. 2

    Ricardo Moraes said,

    PS2.: Da série perguntas para Confúcio: o show também tem aqueles financiamentos de empresa via Lei Rouanet?

  3. 3

    […] show [de Chico Buarque] também tem financiamento via Lei Rouanet? (Trovão, […]

  4. 4

    Trovão, pode ser uma surpresa para você, mas as pessoas nem sempre se comportam de acordo com a sua (sua mesmo, não deles) racionalidade.
    Ah, eu gostei do disco mais recente do Chico, embora tenha gostado mais do do Caetano.

  5. 5

    Ricardo Moraes said,

    André,

    Não é uma surpresa. Modestamente, é uma das explicações para por que o mundo é tão confuso.

  6. 6

    […] anos do novo centro, aconteceram lá apresentações de estrelas da MPB, como Caetano Veloso, Chico Buarque e Marisa Monte, e eventos de porte, como o Fórum Espiritual Mundial, organizado pela União […]


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: