Programa de Índia

Hadji SinghAcordar às seis da manhã. Sair às seis e meia a bordo de uma van. Visitar uma fazenda usando terno. Atravessar a Esplanada para tirar fotos. Voltar para casa às nove da noite. É nisso que meu dia se transforma quando jornalistas indianos vêm ao país, a convite, para conhecer melhor nossa realidade. É verdade que aproveitei a oportunidade para aplacar parte da minha colossal ignorância sobre a Índia. Não, nem todo indiano é vegetariano. Sim, eles, e principalmente elas, não gostam de serem tocados. E, claro, Taj Mahal e Taj Palace são dois hotéis diferentes em Nova Délhi. Por falar nisso…

Essa é a história de uma linda história de amor
Que me contaram e agora eu vou contar
Do amor do príncipe Xá-Jehan, pela princesa Nunts Mahal
Do amor do príncipe Xá-Jehan, pela princesa Nunts Mahal

Tê tê teteretete…

Anúncios

3 Respostas so far »

  1. 1

    Ricardo Moraes said,

    O programa de Índia não parece ruim. Imagino que os indianos tenham boas historias pra contar – principalmente na hora de fazer comparações entre a India e o recem-conhecido Brasil.

    Também não sou especialista em Índia e esse parágrafo aí em cima já derrubou pelo menos um dos mitos indianos que eu adotava: se eles comem carne, quer dizer que as vacas sagradas não são tão vacas sagradas assim?

    abraços,
    T.

    PS. Os indianos vão conhecer nossa realidade só em Brasília ou vêm ao Rio também?
    PS2. Jornalista é igual em qualquer lugar ou os indianos são diferentes?

  2. 2

    […] “Calcutta blues” – Dave Brubeck “Creep” – Radiohead “Diplomata” – Altamiro Carrilho – Carlos Poyares (Pixinguinha) “El haz sensor” – Los Tres “Fast car” – Tracy Chapman “Marmelade” – System of a Down “Ponta de lança africano (Umbabarauma)” – Jorge Ben “Samba do avião” – Baden Powell (Tom Jobim) “Televisão de cachorro” – Pato Fu “Timoneiro” – Paulinho da Viola “Valsinha” – Chico Buarque (Vinicius de Moraes e Chico Buarque) […]

  3. 3

    […] interferência dos chineses. Por exemplo: não fosse o grupo de conterrâneos que pousou aqui para conhecer melhor a realidade da terra brasilis, eu ainda não teria botado os pés em marcos da capital federal, como a […]


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: