Consumo noturno

MiragemAqui em Brasília, quando quero comprar um jornal ou revista, corro logo para o supermercado. Explico. Tenho o mau hábito de ler durante as refeições. Jantar sozinho e sem uma leitura digestiva é, para mim, especialmente aborrecido. Daí que, às vezes, saio numa desarrazoada busca pelo Sudoeste. Depois das sete, porém, comprar uma revista – ou qualquer outra coisa – é missão quase impossível. Banca de jornal não existe. As assim chamadas revistarias já fecharam as portas. Resta, deste modo, uma providencial incursão ao shopping ou ao supermercado.

A não ser que se deseje ler o Correio Braziliense. Esse é vendido na padaria.

Anúncios

5 Respostas so far »

  1. 1

    Ricardo Moraes said,

    As padarias vendem só o Correio?
    Por que só ele?

  2. 2

    André said,

    Trovão, ou você começa a se conformar com alguns dos mistérios dessa vida ou vai passar o resto dela fazendo perguntas que ninguém vai querer responder.

  3. 3

    Lucianne Carneiro said,

    Acabo de descobrir seu blog e adorei…. Muitas aventuras boa na terra Brasília! bjs

  4. 4

    […] 12, 2008 · Arquivado em Uncategorized Aonde um povo que compra jornal na padaria vai para tomar uma cerveja? À distribuidora de bebidas. Pode ser ali na 403 Sul, Distribuidora […]

  5. 5

    […] de fechada. Espero muitas melhoras com a mudança. Nenhuma, porém, como poder descer de manhã e comprar o jornal numa banca. De tijolo, é verdade, mas uma […]


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: