Margaridas

Margarida Maria Alves, 1943-1983Passei o dia à procura de uma forma original de comentar a Marcha das Margaridas, manifestação que reuniu 30 mil pessoas, parou o trânsito e reviveu clichês hoje em Brasília. As frases de efeito que me surgiram à cabeça revelam os caminhos obtusos que percorri. Dia de fúria. Apareceram as margaridas. Cansei. A verdade é que faltou coragem para perpetrar cretinices desse quilate. E para reprisar a lengalenga da colisão de direitos. E para insistir na incompetência das autoridades de trânsito.

Resolvi, então, contar a história da líder sindical de Alagoa Grande, na Paraíba, assassinada em 1983, na porta de casa, diante do marido e dos dois filhos. Movia, à época, como presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município, 72 ações contra usineiros e fazendeiros, por desrespeito a direitos trabalhistas. O julgamento do acusado de ser mandante do crime levou 18 anos para acontecer. Ninguém foi punido pela morte.

Não sou a favor dos protestos em Brasília. Também não sou contra. Vivo em cima do muro. Aqui não acontecem dias de fúria. Ninguém se cansa. E nunca aparecem margaridas.

Anúncios

5 Respostas so far »

  1. 1

    André said,

    Margaridas cansadas aparecem em dia de fúria é, pelo menos, uma cretinice combinatória.

  2. 2

    André said,

    Talvez fosse melhor Furiosas margaridas aparecem em dia cansativo.

  3. 3

    Pequena said,

    Existem os dias de fúria, porém, como em tudo nesta cidade, são um pouco diferente do comum…

  4. 4

    […] · Arquivado em Uncategorized Devo ser uma das poucas pessoas por aqui que não odeiam as manifestações na Esplanada. Pelo contrário, numa capital tão distante – em mais de um sentido – da […]

  5. 5

    […] O tempo passa, o tempo voa, e muitos dos temas – do blogue, da cidade – não mudam . Marcha das Margaridas. Recorde de seca. Denúncias de fraude. Podia ser 2007. Podia ser semana passada. Mas é apenas […]


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: