Febre amarela (II)

Hino de rara inspiraçãoEufemisticamente, digamos que faltou um pouco de bom senso, alguns anos atrás, ao compositor Walter Queiroz. Agora, o Brasiliense provavelmente precisará de um novo hino para a disputa do Candangão 2008, que começa no próximo dia 20. Não vai pegar nada bem a torcida do Jacaré, depois de duas mortes e um princípio de pânico, entoar os formidáveis versos nas arquibancadas:

Com muita raça e toda a nossa vibração
Salve o Brasiliense, futebol clube, meu irmão
No campo, uma pintura, uma aquarela
E na torcida explode essa febre amarela

Serviço: a vacina contra a febre amarela pode ser tomada na rede de postos de saúde do Distrito Federal, das 8h às 17h, inclusive aos sábados e domingos (durante este mês).

Anúncios

2 Respostas so far »

  1. 1

    Ricardo M. de Moraes said,

    Aqui no Rio, pelo que me disseram, a vacina está difícil de encontrar. Os lotes chegam aos postos de saúde, mas acabam rápido.

    Por sorte, já tomei minha dose há uns anos – quando, pra ir para Minas, tinha que ser vacinado.

  2. 2

    André said,

    Olha, pensando bem, o verso “Salve o Brasiliense, futebol clube, meu irmão”, não devia ser entoado – quaisquer que fossem as condições sanitárias ou de saúde pública…


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: