Archive for fevereiro, 2008

Autos de infração

AlucinaçãoTalvez eu seja tão obcecado pelo trânsito quanto pela meteorologia. Talvez eu simplesmente não saiba ler. Diz o artigo 178 do Código Brasileiro de Trânsito: “Deixar o condutor, envolvido em acidente sem vítima, de adotar providências para remover o veículo do local, quando necessária tal medida para assegurar a segurança e a fluidez do trânsito: infração média.” Pois, em Brasília, qualquer colisão mínima resulta num congestionamento porque os motoristas, com apoio da autoridade policial, fazem questão de deixar os carros parados no meio da rua até a chegada da perícia. É um caso extravagante de infração-direito. Ou talvez, sem negação das hipóteses anteriores, eu tenha apenas perdido a razão. Com essas e outras, convenhamos, não seria surpresa.

Comments (4) »

Sol e chuva

Céus!Perdoe-me pela volta ao tema insistente, mas é impossível não falar de clima quando Brasília, nos últimos dias, tem sido um extraordinário casamento de viúva. Ontem, numa distraída olhada pela janela do trabalho, quase chorei. O sol ainda intenso caía por trás das nuvens, transformando o céu num espetáculo de tons de azul, laranja e meios-termos de deixar o queixo caído e os lugares, comuns. Hoje, o fim da tarde foi marcado por um espetáculo diferente, de roteiro mais do que manjado: chuva forte, motoristas cautelosos, congestionamentos incompreensíveis. Quem sai na chuva é para se queimar, já dizia Matheus, o Vicente.

Comments (6) »

Bandeiras arriadas

Rodada dupla, valendo 50 pontos!Depois não adianta reclamar da fama de cidade sem nada para se fazer. Uma das grandes diversões de Brasília encontra-se desaparecida há alguns meses – e ninguém toma providências. Sumiram as bandeiras que tremulavam no gramado próximo ao Congresso Nacional! Antes, toda passada pelo local era um game show. Faixas horizontais verdes e amarelas com um retângulo azul e uma estrela branca no canto superior esquerdo? Piauí. Duas faixas vermelhas e uma branca com um losango verde no centro e um brasão de armas? Santa Catarina. Agora, o retorno é uma pasmaceira. Com o Carnaval no pretérito e 2008 em pleno andamento, é mais do que hora de voltarem as bandeiras dos 26 estados brasileiros – e, claro, um distrito federal.

Comments (1) »

Tropa de elite

Também vai pegar vocêAs fantasias do Bope não fizeram sucesso apenas no Carnaval do Rio. Em Brasília, na segunda-feira, o pessoal das operações especiais entrou em cena para enfrentar um inimigo quase tão perigoso quanto os traficantes das favelas cariocas: foliões que se divertiam no bloco Galinho de Brasília. Eu não vi, mas quem viu diz que a porrada comeu, o pau cantou e a jiripoca piou.

No relato do DF TV, “por volta das 20h, o bloco Galinho de Brasília já havia saído da 203 Sul. Mas duas mil pessoas continuavam na quadra, quando começou o confronto entre a polícia e alguns foliões. (…) Policiais atiraram balas de borracha e bombas de efeito moral. O público revidou jogando garrafas e pedras. Várias pessoas se feriram, inclusive crianças. Uma mulher saiu carregada. E um policial foi ferido no rosto.”

O governador José Roberto Arruda exigiu saber de quem foi a ordem para que o Bope reprimisse os foliões. Três oficiais foram afastados por 15 dias. O administrador de Brasília, Ricardo Pires, é acusado de ter requisitado a intervenção da polícia.

É bom ver que 2008 já está a pleno vapor.

Comments (2) »