Extra! Extra!

Buemba! Buemba!Um homem cercado por microfones da Band, Globo, Record e SBT poderia ser um político, um artista ou um jogador de futebol. Nesta quarta-feira, 7 de janeiro, em Brasília, este homem foi Eron de Almeida, pescador, algoz de uma carpa chinesaprateada de 1,20 metro e 27 quilos. O peixe, “o maior da história do lago Paranoá”, foi capturado com uma tarrafa pouco antes das cinco da manhã. A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) mantém carpas em tanques no lago, para a limpeza natural da água, e a suspeita é de que o espécime agora famoso (e morto) possa ter escapado há cerca de dez anos.

É aquela história, minha gente: aconteceu, virou manchete.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: