Agora sou contra

Consciência cidadãComo se sabe, os imóveis são escassos em Brasília, o que provoca todo tipo de excentricidade no mercado. Um apartamento de 90 m² no Sudoeste, usado, não sai por menos de R$ 600 mil (as más línguas – e os anúncios numerosos – sugerem que, atualmente, não sai nem por mais). No novo bairro “ecológico” Noroeste, com início de vendas previsto para o segundo semestre, o metro quadrado é estimado em R$ 8 mil. Os apartamentos mais humildes não devem custar menos de R$ 840 mil. Mas o pessoal acha tudo muito normal.

O que dizer da reação à perspectiva de construção de duas novas quadras no supracitado Sudoeste? Sempre que o polêmico assunto esquenta, aparecem faixas indignadas na área do futuro empreendimento, com mensagens como “Expansão = desmatamento criminoso + 2.000 veículos na área” e “Expansão irresponsável: quem estará por trás desse projeto?”. Do projeto, quem está por trás é a construtora Antares. E dos protestos? Por acaso seriam alguns dos moradores das 26 (vinte e seis) outras quadras residenciais da região?

O curioso é que, na década de 1990, quando começou a ocupação do Setor Sudoeste, ou ao longo dos anos desde então, nenhum desses ciosos cidadãos tenha levantado a voz contra o “desmatamento criminoso” e a “expansão irresponsável”. Agora, com a possível chegada, numa só batelada, de 22 prédios e 3.500 vizinhos, assistimos ao glorioso despertar do espírito cívico na população local! Detalhe: as duas novas quadras, exatamente como as outras 26, estão previstas no projeto Brasília Revisitada, de Lucio Costa, apresentado em 1989.

E o pessoal acha tudo muito normal.

p.s.: Existe, sim, um aspecto nebuloso na história: a forma de transferência dos terrenos da proprietária anterior, a Marinha do Brasil, à construtora, sob investigação do Ministério Público Federal.

Anúncios

3 Respostas so far »

  1. 1

    Trovão said,

    Eu entendo que a Marinha tenha terrenos no Rio de Janeiro, em Angra e até na Restinga da Marambaia. Mas por que eles tinham terras em Brasília?

  2. 2

    Bel said,

    Trovão, a marinha tem terrenos em Brasília por causa do Lago Paranoá! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Meu irmão está indo morar em Águas Claras. Se eu convencesse minhas irmãs, iria pra lá tbém. Um aluguel na asa norte, onde vou voltar a morar é quase 2 mil. Em Clean Water, 900… =(

  3. 3

    Madame Mim said,

    Pois é, fiquei impressionada com o valor dos imóveis de Brasília.
    Umas das poucas coisas ruins dessa terrinha linda.


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: