Teste de resistência

Quem? Quem?Momento diário: perdi um pedaço de gruyère. Revirei a geladeira, conferi no cupom fiscal, culpei injustamente a caixa do supermercado. Então me veio uma luz. Peguei a chave do carro, desci as escadas correndo, abri a porta, enfiei a mão embaixo do banco do motorista (eu) e lá estava. Sinceramente, não esperava encontrá-lo tão bem, depois de (o queijo) enfrentar o calor infernal de Brasília trancado num automóvel. E o friozinho, à noite, também.

Por oito dias.

Não ando muito bem.

Anúncios

6 Respostas so far »

  1. 1

    Bel said,

    Você jura que depois de 8 dias ele estava bem?
    Já comeu o queijo? Talvez seja melhor nao! rs rs

    PS – eu vivo deixando as coisas cairem debaixo do banco do meu carro. Daí já aprendi: é um dos primeiros lugares que procuro hoje em dia! =)

  2. 2

    rchia said,

    Nota de esclarecimento:

    Não consumi o queijo.

  3. 3

    Mariana said,

    Se você tivesse comido o queijo, provavelmente não estaria aí fazendo posts. 😉
    Chata é a sensação de jogar dinheiro fora junto com o gruyère…

  4. 4

    Madame Mim said,

    Esqueço muita coisa no carro, naquele espacinho da porta e no porta-malas.
    Outro dia achei um casaco de lã, bem no fundo do porta-malas, embraixo de uns livros. Deixei lá faz uns seis meses.:P.

  5. 5

    André said,

    Gruyère, depois de oito dias trancado no carro, no mínimo virou Roquefort. Você deveria ter experimentado.

  6. 6

    philosophias said,

    Pode ter virado gorgonzola também…


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: