Novos temas

RótuloUma cidade que tem uma lista (extra)oficial de temas para discussão entre parentes, amigos, colegas de trabalho e desconhecidos em geral não pode negar sua natureza provinciana. Em Brasília, conversa de bar, de elevador, de esquinabanca de jornal, naturalmente quando se conversa, é sobre seca (e chuva), preço de imóvel, concurso público ou trânsito. Aqui mesmo, estes são assuntos recorrentes, o que me causa certa preocupação. Por isso, inicio agora uma tentativa de alteração de rumo, com novos e emocionantes temas a serem maltratados.

Para começar, proponho um debate sobre o ceticismo epistemológico, que nega a capacidade do espiríto humano de penetrar as aparências para alcançar a realidade (ordenada) e descobrir a verdade.

E, então, estaríamos condenados à insuportável aceitação de que vivemos num mundo caótico?

Anúncios

7 Respostas so far »

  1. 1

    Bel said,

    Acredito que a grande pergunta sobre o debate epistemológico não é a capacidade de alcançar a realidade e descobrir a verdade, mas, na verdade, descobrir o que é verdade sem que a realidade que acreditamos ser real influencie no que é essa verdade, que também acreditamos que seja, mas como parte de um ponto de vista, nada disso pode ser!
    Nossa… que viagem pra uma sexta de manhã! uahauahuaha
    Adorei o tema! Ah, sim, o mundo é caótico. Oba!

  2. 2

    Trovão said,

    O mundo é caótico. Não dá pra saber exatamente como ele funciona (ou não funciona). Mas dá pra tentar, pra bolar teorias, testa-las e ir descartando as piorzinhas. E isso não precisa ser angustiante.

    Um das minhas alegrias nos últimos anos foi ler um sujeito chamado Karl Popper, que diz que, em vez de tentar provar nossas teorias, nos temos que tentar refutá-las. As boas teorias são as que a gente demora para conseguir refutar. Mas todas são refutáveis. Pro Popper só há dois tipos de teoria: as que já foram e as que ainda não foram negadas.

    No fim das contas, a gente continua sem saber como o mundo funciona – mas tem uma teoria provisória que dá conta de um problema ou outro.

  3. 3

    Trovão said,

    PS.: Gostei do novo tema.

  4. 4

    André said,

    O mundo é caótico, véi. Mais que isso, as pessoas são doidas. Aceitar esse fato simples da vida não tem nada de insuportável. Aliás, a minha vida melhorou muito depois que eu aceitei que todo o mundo é maluco do ponto de vista dos demais.

  5. 5

    […] coisa muda. O indivíduo troca de emprego, troca de carro, troca de endereço. Passa a falar de outros assuntos. Aprende a se situar, a andar na linha e a superar obstáculos. Até começa ase alimentar melhor. […]

  6. 6

    […] · Arquivado em Uncategorized “A seca este ano tá demais!” é um dos pilares da interação social brasiliense. De junho a agosto, no mínimo, os encontros no elevador tornam-se mais fluidos, com animadas […]

  7. 7

    […] por aqui… O tempo passa, o tempo voa, e muitos dos temas – do blogue, da cidade – não mudam . Marcha das Margaridas. Recorde de seca. Denúncias de fraude. Podia ser 2007. Podia ser semana […]


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: