Clima de deserto

CaminhadaÉ no fim do ano que Brasília faz jus à fama, para muitos indevida, de ser um deserto. O título, no entanto, nada tem a ver com a ausência de chuvas (ora abundantes) ou com a amplitude térmica. É deserto no cansado sentido figurado: deserto de gente e, incrivelmente, até de carros. Com os recessos do funcionalismo público, e a despeito da crescente paixão dos locais pela cidade, as malas se multiplicam, as avenidas se esvaziam e, aos poucos, o silêncio se torna ensurdecedor, a comprovar que existe, sim, saída para as mazelas da capital. Aliás, saídas: Aeroporto Internacional JK, Rodoviária do Plano Piloto, Rodoferroviária, Saída Sul, Saída Norte.

Anúncios

3 Respostas so far »

  1. 1

    Mari said,

    Ao mesmo tempo, quem vai ao Conjunto Nacional e ao ParkShopping nesta época do ano se estressa com o excesso de movimento…

  2. 2

    […] A felicidade, garantem os orgulhosos candangos, não tem a ver com um desejo inconfessável de escapar na primeira oportunidade. É apenas que, agora, haverá mais chances de economizar. Por enquanto, com vôos previstos […]

  3. 3

    […] transformação em barata. Hoje vivo um transtorno bipolar, entre a euforia proporcionada pela tranqüilidade das férias e a depressão do ideal de vida local, tudo isso com a sensação episódica de não sair do lugar. […]


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: