José e eu, eu e José

O mundo dá voltasPara quem não acredita na gravidade da seca na capital, valem as palavras imortais do presidente do Senado, José Sarney, vítima de uma inflamação na garganta: “Realmente estou pagando o preço que pago a Brasília todo ano, no mês de agosto.” Mas às vezes vem um alento: gotículas de água no shopping, balas refrescantes para a garganta, palavras cantadas no tom certo… E, nesse ritmo baiano-bucólico, segue a vida, até que chegue a chuva abundante e as pessoas comecem a cuspir marimbondos de fogo contra os desígnios de São Pedro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: