Superpreços

Preguiça de ir a outroMais um ano, mais um título. Desta vez, o Distrito Federal sagra-se o estadoa unidade da federação com os supermercados mais caros do país, segundo a associação Proteste. Uma cesta com 104 produtos custa aqui, em média, 19% a mais do que em Pernambuco. Mas não é só isso. A capital também tem a maior disparidade entre estabelecimentos. De acordo com a Proteste, considerando-se a mesma cesta, é possível economizar até R$ 1.900 por ano escolhendo o supermercado certo.

Dos 38 mercados pesquisados – curiosamente nenhum das regiões administrativas mais “distantes” – os mais baratos foram o Assaí e o Super Adega, dois expoentes do chamado atacarejo. A lista dos mais careiros é encabeçada pelo inacreditável Oba, um hortifruti com espírito brasiliense, seguido por Pão de Açúcar e Big Box.

A explicação para os preços praticados em Brasília, cortesia do Correio Braziliense, é a de sempre: alta renda e grande número de servidores públicos (sim, eu juro, o jornal menciona como fatores distintos). Uma resposta fácil, conveniente e que pesa no bolso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: