Archive for setembro, 2011

Espetáculo halo

Olha o ralo!A cidade planejada às vezes é pega de surpresa pela natureza. Nesta sexta-feira, por volta do meio-dia, um círculo multicolorido envolveu o sol e deixou embevecidos todos que, ao acaso ou avisados por amigos, ergueram os olhos para o céu. Da janela de casa ou do trabalho, do canteiro central das avenidas, do estacionamento, moradores e visitantes desfrutraram de um espetáculo raro, singelamente conhecido como halo solar. Para os especialistas, apenas a reflexão da luz em cristais de gelo suspensos na atmosfera; para os leigos, mais um regalo dessa cidade que não cansa de encantar.

Obrigado, Goiânia!

Comments (1) »

Maresia

Cogumelo e fogoA fumaça que costuma cobrir Brasília no período de seca ficou um pouco mais densa nesta sexta-feira. É que a Polícia Civil botou fogo em três toneladas de entorpecentes – incluindo crack, cocaína, maconha, ecstasy, LSD e haxixe – para marcar o fim da Semana de Prevenção ao Uso de Drogas no DF. Segundo o secretário de Segurança, o ato foi “um marco na história do combate ao tráfico e aos traficantes”, a comprovar o bom trabalho da polícia e a contrariar o incômodo crescente da população com o consumo de drogas na capital. Quem teria razão? Os lados prometem se manifestar de novo assim que passar a maresia.

Leave a comment »

Sem fio

Cuidado. Mesmo.Conecta DF: esse é o marquetológico nome do projeto que pretende deixar o Distrito Federal, ahn, conectado. O objetivo, segundo o governador, é ser “a primeira capital das américas com cobertura total em banda larga”. Isso, no máximo, até a Copa de 2014. Não que, ahn, conectividade não tenha importância social e estratégica, mas talvez fosse uma boa idéia tentar, antes, fazer do DF a primeira capital das américas com cobertura total de saúde ou com cobertura total de transporte público, hein? De qualquer maneira, é preciso admitir que há certa, ahn, conexão entre o novo projeto e a realidade local.

Sem saúde, sem transporte público, sem fio…

Leave a comment »

Abertura

Queremos aberturaBrasília quer por que quer sediar a abertura da Copa do Mundo de 2014. Nesta sexta-feira, o governo local realiza uma grande festa para “comemorar” a marca de mil dias para a competição, com shows de Cláudia Leite, Daniela Mercury e Restart. Além disso, os principais pontos turísticos da cidade terão uma iluminação especial, em verde e amarelo, a partir das 19h. Polícia Militar e Secretaria de Transportes garantirão segurança e mobilidade ao torcedor. O governador, Agnelo Queiroz, em visita ao Rio para beijar a mão de Ricardo Teixeira, lembrou que “Brasília é a capital de todos os brasileiros” e muitos outros lugares tão comuns quanto incertos. A confiança é total na capital do futebol. Só falta combinar com os russos.

Russos, mas que russos?!

Leave a comment »

Com que roupa?

Cuidado. Mesmo.Uma quadra do Sudoeste Econômico foi interditada neste sábado depois que um morador alertou as autoridades sobre uma embalagem de material radioativo (iodeto de sódio) encontrada em meio a sacos de lixo. Em qualquer lugar do mundo, uma notícia desse tipo causaria apreensão, mas em Brasília a reação misturou perplexidade e gargalhadas. Tudo por causa do visual do “técnico” encarregado de recolher a embalagem: sacos plásticos nos pés atados com fita adesiva e luvas de faxina que deixavam os antebraços de fora. A Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) não só não comentou a vestimenta do especialista como se recusou a informar onde seria o churrasco a que ele se dirigia.

Leave a comment »

Sete de Setembro

Dia de luto, dia de lutaBrasília é a cidade das grandes manifestações e das pequenas repercussões. Afora um motorista enfurecido aqui, um jornalista desorientado ali, ninguém parece notar os protestos que, com alguma freqüência, tomam a Esplanada dos Ministérios, o gramado do Congresso, a Praça dos Três Poderes. É a anedótica reclamação invisível. Ou o lado visível das negociações silenciosas nos gabinetes e salas recônditas dos donos das canetas. Vêm margaridas, vão policiais, o mundo gira, a lusitana roda.

E, de repente, é 7 de setembro de novo. Dia da Independência. Parada militar. Marcha contra a corrupção. Quero cantar o virundum, mas também quero ouvir o brado retumbante de um povo heróico. Vamos lá?

Marcha contra a corrupção
Data: 7 de setembro de 2011
Horário: 10h
Local (concentraçao): Museu Nacional

Leave a comment »