Enorme batalhão

A maioria dançouE ainda dizem que não há ninguém em Brasília neste início de 2012. Pois, além de mim, há pelo menos outras 1.1001.3001.500 pessoas que lotaram – ou deveriam ter lotado – o Teatro Nacional na noite desta quarta-feira. Esse é o número de pessoas que conseguiram convites para a apresentação gratuita de Paulinho da Viola na abertura do 1º Festival Internacional de Artes de Brasília (FestiArte). A maioria brigou por uma entrada na distribuição (des)organizada pelo FestiArte, que, segundo relatos na imprensa local, conseguiu entregar mais de 1 mil ingressos em menos de 15 minutos. Detalhe: às 10h já havia fila para a trabuzana marcada para as 14h.

Mas um nem tão pequeno grupo – 400 pessoas – não precisou nem se coçar. Recebeu os convites diretamente das secretarias de Cultura e Educação por serem “autoridades”, vips ou simplesmente por se agacharem até o chão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: