Archive for Inveja

Enorme batalhão

A maioria dançouE ainda dizem que não há ninguém em Brasília neste início de 2012. Pois, além de mim, há pelo menos outras 1.1001.3001.500 pessoas que lotaram – ou deveriam ter lotado – o Teatro Nacional na noite desta quarta-feira. Esse é o número de pessoas que conseguiram convites para a apresentação gratuita de Paulinho da Viola na abertura do 1º Festival Internacional de Artes de Brasília (FestiArte). A maioria brigou por uma entrada na distribuição (des)organizada pelo FestiArte, que, segundo relatos na imprensa local, conseguiu entregar mais de 1 mil ingressos em menos de 15 minutos. Detalhe: às 10h já havia fila para a trabuzana marcada para as 14h.

Mas um nem tão pequeno grupo – 400 pessoas – não precisou nem se coçar. Recebeu os convites diretamente das secretarias de Cultura e Educação por serem “autoridades”, vips ou simplesmente por se agacharem até o chão.

Anúncios

Leave a comment »

Uma saudade do cão

Fanático por bolaDa janela da cozinha, tenho uma vista privilegiada do parcão do Sudoeste Econômico, uma ampla área verde, cercada, em que os moradores podem, literalmente, soltar os cachorros. Assistir àquele desfile de cães, toda manhã, é um prazer e um suplício. Prazer porque, como dizia um matusalênico filósofo chinês, quanto mais conheço os homens, mais gosto dos cachorros. Suplício porque sempre me lembro do meu querido – e agora distante – golden retriever prognata.

Aos sete anos do extraordinário Billy, que, salvo lapso de memória, serão completados por estes dias, dedico essa canção:

Vida de cachorro
(Rita Lee/Arnaldo Baptista/Sérgio Baptista)

Vamos embora companheiro, vamos
Eles estão por fora do que eu sinto por você
Me dê sua pata peluda, vamos passear
Sentir o cheiro da rua
Me lamba o rosto, meu querido, lamba
E diga que também você me ama
Eu quero ver seu rabo abanando
Vamos ficar sem coleira
Vamos ter cinco lindos cachorrinhos
Até que a morte nos separe, meu amor

Comments (13) »