Archive for junho, 2011

Pegando fogo

Meu coração amanheceu...O Corpo de Bombeiros registrou, na última sexta-feira, nada menos que 71 focos de incêndio no Distrito Federal. Os culpados, além da baixa umidade que assola a capital, parecem ser incautos que fazem fogueiras, soltam balões e lançam bitucas de cigarro no mato. É comum, por exemplo, ver ocupantes de carros e caminhões arremessarem placidamente cigarros ainda acesos nas margens das rodovias que passam pela cidade. Questionados, negam qualquer falta de cidadania e afirmam, na maior cara de pau: nunca viram Brasília pegando fogo.

Anúncios

Leave a comment »

Declarações

Estações itinerantesÉ difícil escolher o melhor período do ano em Brasília. Uns dizem que se destaca justamente este finzinho de outono, com ipês em flor, temperaturas amenas, céu azul e a última chuva antes da seca. Outros garantem que nada supera a tranqüilidade e as avenidas vazias do início do ano. Há quem considere empolgante a folia momesca na capital. E o patriotismo contagiante do desfile da Independência certamente tem seus apreciadores fiéis.

Mas, para mim, definir um ou outro pedaço do ano como o mais agradável é tarefa quase impossível: nunca consigo marcar férias para a mesma época.

Leave a comment »

Pau a pau (III)

RelaxNa epopéica disputa entre Brasília e Rio de Janeiro, a balança volta a pender, com folga, para o lado da capital. Neste primeiro fim de semana de junho, no Parque da Cidade, o brasiliense compra água de coco até por R$ 1. Já no Rio, o preço médio, mesmo com recente queda, é de R$ 3. Com a vantagem de que, aqui, não é preciso aturar a paisagem entediante, a maré estrepitosa e a umidade sufocante. Uhu.

Comments (1) »