Archive for fevereiro, 2012

Tempos tenebrosos

Previsão de tempo ruimVocê abre a porta para a senhora, segura por tempo suficiente para que ela entre (lentamente) e, à sua passagem, tudo que se ouve é o silêncio. Cri cri cri. Pessoas mais e mais ensimesmadas, famílias que nutrem como valor fundamental o distanciamento calculado, a ética do meu pirão primeiro. A música repetia, já se vão mais de 15 anos, que Brasília é uma ilha, mas a ilha mesmo é o indivíduo. Depender pouco – ou nada – dos outros. Cuidar de si e de mais ninguém. A convivência como mal necessário a ser controlado. A solidariedade como exercício de fim de semana. O altruísmo como inclinação inescrutável. A fé. Virtude de quem não diz bom dia. Um leão em esconderijos.

Anúncios

Comments (3) »

Relâmpagos

MedoCrise econômica internacional? Sucessão americana? Reflexos da primavera árabe? Pinheirinho? Copa do Mundo? Carnaval? Nada disso. O que aflige o brasiliense de verdade neste início de ano são os seqüestros-relâmpago. Na terça-feira, segundo a imprensa local, até um policial militar foi vítima do crime – e em pleno Setor Comercial Sul! Ninguém sabe mais o que fazer. Dar novo aumento às polícias mais bem pagas do Brasil? Pedir mais recursos ao governo federal? Fechar as fronteiras com o Entorno? Não importa, desde que seja uma solução simples, que não exija envolvimento excessivo em questões sociais e políticas. Porque, convenhamos, se o preço for esse, é melhor até ser seqüestrado, hein.

Leave a comment »